EnglishFrenchGermanItalianPortuguesRussianSpanish
Home / Feiras e Eventos / ENCONTRO MARCADO COM A ALTA GASTRONOMIA: SIRHA

ENCONTRO MARCADO COM A ALTA GASTRONOMIA: SIRHA

VOCÊ EM MEIO AOS MAIS RENOMADOS CHEFS NO MAIOR EVENTO DA GASTRONOMIA NO BRASIL

chapeu2_chef

ETAPA CLASSIFICATÓRIA PARA A FINAL EM LYON 2019

O SIRHA (Evento Internacional para Profissionais de Food Service e Hotelaria) reúne profissionais de food service para compartilhar tendências mundiais do segmento. Realizado no Eurexpo Lyon, todo mês de janeiro dos anos ímpares, o Sirha apresenta, há mais de 20 anos, concursos gastronômicos internacionais: o Bocuse d’Or e a Coupe du Monde de la Pâtisserie, criados, respectivamente, por Paul Bocuse e Gabriel Paillasson. Atualmente, o SIRHA também acontece em outros cinco países: Brasil, México, Hungria, Suíça e Turquia. O grupo GL events, líder mundial no setor de eventos, é o responsável por trazer o Sirha ao Brasil através de seu braço local, a Fagga.

GARANTA A SUA CREDENCIAL: INSCREVA-SE AQUI

Salon International de la Restauration, de L’hôtellerie et de L’alimentation

chefe-1

Irrésistible

VOCÊ VAI SE ENCANTAR E CURTIR ESTA VIBE

Claude Troisgros (presidente do Sirha 2018), Laurent Suaudeau (presidente do Conselho do Bocuse d’Or Brasil e Daniel Boulud e’ o presidente de Honra do Juri.

Quero Ser Patrocinador do SIRHAclique aqui 

Sinta o clima do que é o Sirha!

BOCUSE d’Or no SIRHA SÃO PAULO EXPO 2018

A ETAPA IRÁ DEFINIR A EQUIPE DE TALENTOS DA GASTRONOMIA BRASILEIRA PARA LYON 2019

Saiba mais sobre o Bocuse d’Or aqui

VOCÊ VAI ESTAR ENTRE OS MAIS FAMOSOS PROFISSIONAIS DA ALTA GASTRONOMIA

Chefs que você pode encontrar no SIRHA 2018:

Chef Alex Atala

E novo restaurante de @alexatala está de portas abertas em São Paulo! Focado em saladas, tapiocas e açaí, o @restaurantebio já deu as caras e também já encantou o público com uma salada com pupunha, quiabo, castanhas e folhas. ? O conceito do restaurante preza pelo desperdício mínimo ou zero, reaproveitando alimentos deixados de lado como caroços de abacate, cascas de manga, talos de couve, entre outros. Com um vasto cardápio, que começa a ser servido no café da manhã, o restaurante dispõe de 140 lugares muito bem ambientados pela luz natural.

Chef Helena Rizzo

Eleita a melhor chef mulher do mundo em 2014 pelo ranking 50 Best, a incrível @helenarizzo recebeu pelo terceiro ano consecutivo uma estrela Michelin por seu trabalho no Maní, de São Paulo. ⭐️ Reconhecido pelos pratos de cozinha contemporânea, o restaurante envolve produtos sazonais em suas criações. Uma das favoritas é a bochecha de boi com purê de taioba, assim como a sopa fria de jabuticaba. Com cinco etapas, o menu degustação sai por R$ 270.

Chef Rodrigo Oliveira

O chef @rodrigomocoto foi o convidado especial do happy hour do @hiltonmorumbi! ?
A primeira edição do evento aconteceu no dia 3 de agosto, no Terraço Armazem, e apresentou pratos típicos do sertão. Esse formato de evento acontecerá com uma frequência mensal, e contará com atrações gastronômicas especiais. Os petiscos variados, que foram preparados a quatro mãos pelos chefs Mezadri e Oliveira. O autêntico caldinho de mocotó e o dadinho de tapioca do restaurante Mocotó fizeram parte do menu.

Chef Felipe Bronze

Mais um ano de ORO Restaurante com sua estrela Michelin! O restaurante carioca estreou em 2015 e os apaixonados por gastronomia já sabem: o forte da casa do chef @felipebronze é a brasa, onde são preparados seus dois menus degustação. O menu “Criatividade”, com 18 snacks, um prato principal e uma sobremesa, sai por R$295.  Um dos melhores do Rio!

Barman Ricardo Bassetto

Já conhece o D.O.T.? O espaço é mais um forte nome do movimento de bares em hotéis invadindo São Paulo!
O bar do lobby do Sheraton WTC funciona desde dezembro de 2016. As estrelas são os coquetéis do barman Ricardo Bassetto (ex-Bossa), que prepara receitas clássicas e criações, como o gim-tônica com ervas e pimenta-do-reino.

Chef Carole Crema

Ela começou sua carreira em meados dos anos 90 e é conhecida por se envolver em todos os detalhes de suas criações, desde a pesquisa de sabores e formatos até os mínimos detalhes das embalagens e da decoração da loja, criando modas e dando nova roupagem aos doces tradicionais. Seu trabalho e talento foram reconhecidos com o prêmio de Chef Pâtissier do Ano em 2011 e 2016 pela revista @prazeresdamesa. Atualmente, além de capitanear a Carole Crema Doces, é professora da Escola Wilma Kövesi de Culinária e apresenta o programa de sucesso @quesejadoceoficial , do @canalgnt.

Chef Luiza Hoffmann

@chefluizahoffmann é uma das nossas favoritas e sua história deixa muito claro o porquê. Com uma formação que passou pelo Instituto Paul Bocuse, na França, pela Universidade Anhembi Morumbi, em São Paulo e em cozinha macrobiótica na Holanda, Luíza não gosta de dar nome ao seu estilo, mas defende que sua cozinha é multicultural por ter tido a oportunidade de viajar pelo mundo e trabalhar em importantes restaurantes como o espanhol Martin Berassategui, Guia Michelin três estrelas. Atualmente faz a curadoria do evento gastronômico Panela na Rua, dá consultoria em cardápios para diversos restaurantes e realiza os eventos personalizados chamados “chef em casa”.

Chef Olivier Anquier

Famoso como apresentador, o padeiro @olivieranquier abriu há pouco tempo o @mundopaodoolivier, logo ali na Praça da República!
Fica no térreo do Esther, o mesmo edifício onde fica seu restaurante Esther Rooftop, e a casa oferece opções para levar para casa e consumir na hora. Boas pedidas são o famoso p72, cuja fermentação biológica dura três dias, e a trança de azeitona. Para os doces, os destaques são o rocambole e a torta de limão, sem dúvidas. Também vale sentar nas mesinhas e pedir um delicioso expresso acompanhado do sanduíche de rosbife.

Chef Thomas Troisgros

Já viu a lista dos melhores do ano da Prazeres da MESA, parceira do Sirha São Paulo?
Na foto, o Thomas Troisgros foi um dos vencedores na categoria Chef do Ano, que reuniu mais 29 prêmios concedidos por um júri de 165 especialistas – de chefs e jornalistas a críticos e estudiosos da alimentação – e pelo público, que votou intensamente para eleger seus favoritos. Entre os vencedores, nomes consagrados como o D.O.M., Olympe e Mocotó.

Chefs Kátia Barbosa e Bianca Barbosa

 

Mãe e filha, as chefs Kátia Barbosa (@barbosakatia) e Bianca Barbosa (@biancabrl) foram mais uma dupla à contar ao Caderno Ela (@elaoglobo), do O Globo, um dos grandes imprevistos que passaram em suas vidas na cozinha. Se um dia te perguntarem qual a melhor carne de sol do Rio de Janeiro, não pense duas vezes: @aconchegocariocarj, preparada por Kátia. O prato é tão famoso que as duas foram chamadas para preparar um jantar em Lisboa, Portugal, e olha só o que aconteceu: quando elas chegaram ao restaurante, deram de cara com 16 peças de filé-mignon ultramacias, importadas da Nova Zelândia. O problema? Como a carne não tinha a firmeza necessária, elas precisaram passar o dia e a noite curando essas peças, virando para lá e para cá, até que chegassem ao ponto ideal.

Sommelier Diego Arrebola

Diego Arrebola é o sommelier número 1 do Brasil!
Além de ter passado por renomados restaurantes, como Olivetto e Pobre Juan, Diego continuou seus estudos sobre vinho, incluindo certificados pela Wine & Spirits Education Trust, Court of Master Sommelier e Associazione Italiana de Sommeliers de Torino. Além disso, conquistou uma série de prêmios e venceu concursos, como o de Melhor Sommelier do Brasil duas vezes, promovido pela ABS, sem falar em todos os reconhecimentos pelas excelentes cartas de vinho que assinou.  Certamente, um dos grandes nomes brasileiros no setor que promete muito como referência internacional!

Chef Carlos Bertolazzi

Você sabe o que é o #BibGourmand?

Essa é uma das categorias mais aguardadas na premiação do Guia Michelin: ela aponta os melhores restaurantes a preços acessíveis que merecem demais uma visita. O Sirha São Paulo vai contar um pouquinho sobre cada um dos premiados de 2017 toda semana e, para começar, vamos falar do incrível @zenacaffe !♥️  A casa é comandada pelo chef @cabertolazzi e fica no Jardins, em São Paulo. Ao visitar, espere por gastronomia de qualidade, com comida rápida e saudável, baseada na culinária mediterrânea, com receitas autênticas da região da Ligúria, norte da Itália. Os grandes destaques do restaurante são as focaccias, preparadas num forno especial, e os deliciosos gnocchis, que já arrastam uma legião de fãs.

Chef Roberta Ciasco

A incrível chef Roberta Ciasco também é um dos nomes que passaram por super apertos na cozinha prestes a servir o menu, como contou em matéria ao Caderno Ela, do O Globo.
Roberta começou a preparar um almoço a uma cliente quando, do nada, percebeu que a proteína do prato principal, o frango, não tinha chegado à casa. O que houve foi: no trajeto da entrega até a cozinha, a mala da caminhonete abriu, o motorista não percebeu, e os frangos congelados rolaram pelas ruas de Laranjeiras, no Rio. A chef precisou se virar, e acabou comprando um rocambole de frango recheado com ricota e cenoura. Foi o jeito.?  No fim das contas, o prato foi servido com o molho da chef e o almoço foi um grande sucesso. Talento é talento, não é mesmo?

Chef Janaina Rueda

Mora em São Paulo e nunca visitou o @bardadonaonca? Tá esperando o que? ?  Com 9 anos recém-completados, a casa fica no Copan, é comandada pela chef Janaina Rueda e considerada um dos principais redutos tradicionais da cidade. Reinam no menu receitas difíceis de não agradar, como a moela úmida de aperitivo e o mexido de arroz, feijão, carne moída, couve e farinha coberto de ovo frito. Saboroso, o bloody mary é uma ótima maneira de iniciar a petiscaria.

Chef José Hugo Celidônio

E o grande chef @josehugocelidonio também contou ao O Globo uma das poucas e boas que já passou!?
Lá no início dos anos 90, um casal chegou no antigo Clube Gourmet, restaurante então comandado pelo chef, e pediu frango com cogumelos em papillote. Quando percebeu, viu os dois comendo o papel manteiga que envolvia os cogumelos, douradinhos e crocantes?. Com receio de avisar e deixar os clientes sem graça, José só esperou. Ao irem embora, o casal saiu agradecendo e dizendo que o prato estava ótimo.

Chef Junior Durski

E o Brasil emplacou sete restaurantes na lista da @wine_spectator, que selecionou as melhores adegas de vinho do mundo!
A consagrada revista norte-americana revelou os ganhadores da edição 2017 do prêmio Best of Award of Excellence, que avaliou mais de três mil restaurantes em todo o mundo. Sete restaurantes brasileiros estão na lista, dentre eles o Durski (Curitiba), primeiro restaurante do chef Junior Durski, presidente da rede de restaurantes Madero. Os outros indicados foram: A Figueira Rubaiyat e Rubaiyat (São Paulo), Olivetto Restaurante e Enoteca (Campinas-SP), Bah Restaurante (Porto Alegre-RS), Laguiole (Rio de Janeiro) e Primrose (Gramado-RS) – que disputaram as categorias Award of Excellence, Best of Award of Excellence e o Grand Award.
A adega do restaurante Durski, por exemplo, tem mais 2.500 rótulos e 100 safras diferentes de 27 países, sendo a mais antiga de 1780.

Chef Luca Gozzani

E o @fasano, é claro, manteve sua estrela Michelin por mais um ano!  Referência de cozinha clássica italiana, o Fasano está aberto desde 1920 e passou por outros endereços antes de ganhar espaço no sofisticado hotel de mesmo nome. O menu degustação de massas sai por R$ 300, com cinco pratos e uma seleção de sobremesas. Nossa dica é o delicioso agnolotti de galinha d’angola com creme de burrata e tomate cereja do chef @lucagozzani.

Chef Pedro Artagão

Participante do Mesa ao Vivo 2016, que aconteceu na última edição do Sirha no Rio, Pedro Artagão é mais um dos chefs que passaram por imprevistos que acabaram virando pratos requisitadíssimos, como conta uma matéria do O Globo. Lá em 2011, na inauguração do restaurante Irajá, Pedro quis preparar uma salada caprese com burrata para surpreender de vez seus clientes. Depois de encomendar, o caminhão que trazia o queijo teve problemas de refrigeração e o ingrediente chegou derretido, líquido. Como o sabor ainda era espetacular, o chef decidiu servi-la em uma jarra, como se fosse o molho da salada. Resultado: por anos, foi a entrada mais pedida do restaurante.

Chefs Gabriel Matteuzzi e Guilherme Vinha

Mais um ano de Tête-à-Tête com sua estrela Michelin!
O Restaurante combina ingredientes locais com influências internacionais dos chefs e sócios Gabriel Matteuzzi e Guilherme Vinha. Muitos dos ingredientes usados na cozinha são retirados de uma horta cultivada no próprio restaurante. A casa tem duas opções de menu-degustação: o Tête-à-Tête inclui cinco tempos e uma sobremesa (R$ 220) e o Confiance estica para sete etapas e duas sobremesas (R$ 310).

Chef Joachim Koerper

Comandado pelo chef Joachim Koerper, a filial carioca do @restauranteelevenmanteve sua estrela Michelin!
Nascido em Lisboa, a casa muda o cardápio de acordo com as estações do ano e oferece três opções de menu-degustação. Entre os favoritos, estão o robalo com cassoulet de batata, açafrão e molho de crustáceos e o filé mignon com conchiglioni recheado e molho de alecrim.
Imperdível!

Chef Guga Rocha

Mestre de Cerimônias do Sirha São Paulo, o @chefgugarocha acaba de inaugurar seu primeiro restaurante no Rio de Janeiro.
Um dos nomes mais celebrados da nova geração de chefs brasileiros, Guga apresenta sua cozinha criativa no @thegustafastgourmet, uma culinária saudável à la fast gourmet. O cardápio aposta numa vasta variedade de sanduíches, saladas, quiches, grelhados e diversos acompanhamentos. Tem opção vegetariana e vegana, sim!
Nosso prato favorito é a Salada Superfood, que traz couve, rúcula, uva vermelha, quinoa, gojiberry, mix de castanhas com molho de chia, laranja, açaí, limão e vinagre de maça. Ufa! Só provando mesmo pra saber.

Chef Rafael Costa e Silva

Mais um incrível restaurante mantendo sua estrela Michelin!
Comandado pelo chef Rafael Costa e Silva, o @restaurantelasai é conhecido no Rio de Janeiro por seu trabalho em cozinha contemporânea com o uso de produtos sazonais, com destaque para os peixes pescados no entorno do estado. A nossa indicação é delicioso menu degustação “Não Me Conte Histórias”, que conta com entrada, prato principal e sobremesa.

Chef Jun Sakamoto

E o restaurante Jun Sakamoto segue com sua estrela Michelin em 2017!
O renome internacional da casa veio, principalmente, do trabalho de elevação do nível do sushi em São Paulo realizado por Jun. São apenas 8 clientes por noite, servidos com um menu degustação de 16 peças de sushi, dois pequenos pratos quentes e uma sobremesa. Dizem que só experimentando pra acreditar. Já visitou o Jun Sakamoto? Conta pra gente como foi. Às quartas, o Sirha São Paulo vai publicar destaques dos principais nomes do Guia Michelin. Nada como estar atualizado sobre os melhores restaurantes do Brasil!

Chef Ivan Ralston

E o @tujurestaurante, de São Paulo, manteve por mais um ano sua merecidíssma estrela Michelin!
Reconhecido por privilegiar ingredientes sazonais em suas combinações na alta cozinha contemporânea, o restaurante apresenta um cardápio que muda com frequência de acordo com a disponibilidade de produtos. Entre os favoritos, um prato de sobremesa de torta de limão-cravo com castanha de pequi e sorvete de mel de jataí, destaque no guia “Os 100 Melhores Pratos de São Paulo”. Às quartas, o Sirha São Paulo vai publicar destaques dos principais nomes do Guia Michelin. Nada como estar atualizado sobre os melhores restaurantes do Brasil!

Chef Pier Paolo Picchi

Uma das grandes estreias no Guia Michelin 2017 é o @restaurantepicchi, de São Paulo!♥️
Comandado por @pierpaolopicchi, o restaurante apresenta um domínio completo do repertório italiano. Pra você ter uma ideia, o agnolotti de coelho da casa foi eleito como um dos 100 melhores pratos de São Paulo pela revista @paladar, do Estadão, na categoria massa. Sem dúvidas, é o pedido ideal para conhecer o trabalho do grande chef!

Chef Marcone Calazans

 

Com um extenso currículo na gastronomia e confeitaria, o chef @marconecalazans foi finalista da etapa latino americana da Coupe du Monde de la Pâtisserie em 2016 e garantiu a vaga em Lyon, onde representou o Brasil na grande final francesa com a equipe brasileira, treinados pelo chef Ramiro Bertassin. Atualmente, Calazans comanda a confeitaria do Hotel Fasano em SP, e irá mais uma vez competir na etapa nacional da CMP, valendo a vaga na etapa latino americana no Sirha México!

(video) Conheça o restaurante 3 estrelas Michelin do Chef Paul Bocuse  aqui

www.sirha-saopaulo.com

#SirhaSP

#BocuseDor

#BORBrasil

#CMP

#CMPatisserie

Sobre Sindal

Entidade sindical patronal da indústria do Estado de São Paulo, oficializada pelo MTE em 25 de janeiro de 1999, o SINDAL congrega, defende e representa os interesses das empresas que se dedicam à atividade econômica de projetar, fabricar, montar, suprir e dar manutenção em equipamentos e produtos para cozinhas profissionais e para a infraestrutura física de produção de alimentos servidos pelo setor do foodservice em geral.

Veja também

LE CORDON BLEU INAUGURA ESCOLA DE CULINÁRIA EM SP

ESCOLA DE CULINÁRIA FRANCESA LE CORDON BLEU CHEGA A SÃO PAULO Uma das escolas de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *