EnglishFrenchGermanItalianPortuguesRussianSpanish
Home / Feiras e Eventos / OBSERVATÓRIO DA GASTRONOMIA É CRIADO EM SP

OBSERVATÓRIO DA GASTRONOMIA É CRIADO EM SP

UMA ÓTIMA NOTÍCIA PARA O MUNDO DA GASTRONOMIA

Foi criado por Decreto Municipal o Observatório da Gastronomia da Cidade de São Paulo, no âmbito da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, cuja Secretária Municipal de Trabalho e Empreendedorismo é a vereadora licenciada da cidade de São Paulo e empresária Aline Cardoso, graduada e pós-graduada em Relações Internacionais.

O lançamento oficial será no dia 16 de outubro, com a presença do Sr. Prefeito Bruno Covas, de muitas autoridades, personalidades do cenário paulistano da gastronomia e da imprensa especializada, cerca de 250 convidados Vips.

Será em um ambiente cultural, a Praça das Artes, um prédio restaurado no Centro de SP, ‘a Avenida São João 281 e ligado ao Teatro Municipal
O evento de lançamento acontecerá das 19h às 22h.

Reunião inicial para amadurecer a idéia do Observatório Gastronômico, a Professora Zenir Dalla Costa, do SENAC GASTRONOMIA SP, durante ao SIRHA 2018.

A Secretária Aline Cardoso, o chef Laurent Suadeau, João Carlos Peres, presidente do SINDAL, o chef e editor André Bocatto, hoje coordenador do programa

A SMTE tem como missão:

  • Implantar programas voltados à promoção da segurança alimentar, do desenvolvimento econômico com inclusão social e geração de renda.

  • Apoiar atividades empreendedoras e capacitação de talentos.

  • Assegurar a implementação da política de segurança alimentar do município.

PROGRAMAS DESENVOLVIDOS

Cozinha Escola

Desenvolve ações de educação alimentar e nutricional no contexto de realização do direito humano à alimentação adequada e da garantia da segurança alimentar.

Banco de Alimentos

Combate ao desperdício: captação de alimentos fora do padrão para venda e próprios para consumo e distribuição às entidades cadastradas, beneficiando famílias em vulnerabilidade social.

Produção e oferta de Alimentos Saudáveis

Apoio técnico aos agricultores; fomento à produção de orgânicos; ampliação do número de feiras orgânicas.

Qualificação Profissional

Desenvolvimento do Plano Municipal de Qualificação Profissional; mais de 9 mil capacitações em diversos programas e formatos.

Ambiente de Negócios e Empreendedorismo

Fomento ao empreendedorismo; formalização de MEIs; atendimento descentralizado ao empreendedor; eventos e capacitações voltadas ao empreendedorismo.

Nova Economia & Economia Criativa

Apoio às vocações da cidade e profissões do futuro; mais de 2 mil capacitações em cursos como audiovisual, sonoplastia, gastronomia e desenvolvimento de aplicativos.

POR QUE CRIAR UM OBSERVATÓRIO DA GASTRONOMIA?

A vocação da cidade de São Paulo para a gastronomia remonta desde o início do século XX, com a chegada de imigrantes dos mais diversos países. Povos que trouxeram na bagagem suas receitas e temperos, transformando São Paulo num caldeirão gastronômico multicultural, repleto de influências e sotaques.

Mais de um século depois, São Paulo é hoje reconhecida pela tradição gastronômica.

Esta vocação é uma grande oportunidade de desenvolvimento econômico para a cidade.

PROMOÇÃO DA CIDADE SÃO PAULO

Segunda cidade do mundo com maior número de restaurantes (a primeira é Nova Iorque);

Figura entre as 10 cidades mais importantes do ponto de vista gastronômico, de acordo com o Guia Michelin;

Em 2018, recebeu o título de Capital da Gastronomia pelo SIRHA (Salon Internacional de la Restauration, de l’hôtellerie et de l’ Alimentation) – evento bienal internacional para profissionais de food service e hotelaria.

Assim como o título de Capital Ibero-Americana da Cultura Gastronômica 2018, concedida pela Academia Ibero-Americana de Gastronomia.

“São Paulo Capital Mundial da Gastronomia” – Em 1995, a Câmara Municipal de São Paulo criou por Resolução um grupo de trabalho de vereadores que aprovou por unanimidade a oficialização que prepararia a cidade para receber este título. Foi criada uma “Comissão de Honra das Nações”, constituída por representantes oficiais de 40 países e 10 Entidades Civis Internacionais ligadas à gastronomia e ao turismo, que trabalharam no levantamento de todas as cozinhas representadas na cidade.

Em 1997, durante a 10ª edição do Congresso Internacional de Gastronomia, Hospitalidade e Turismo da ABRESI, reunindo os empresários de todas as regiões do Brasil, empresas do segmento e autoridades da área, a Comissão de Honra das Nações outorgou o título de “Capital Mundial da Gastronomia” à Cidade de São Paulo. Na mesma ocasião, o título foi outorgado à Paris, na categoria “hors-concours”, e a Nova Iorque, Tóquio, Roma, Madrid, Lisboa, Cidade do México e Buenos Aires. De todas as cidades homenageadas, São Paulo é a que possuía o maior número de cozinhas internacionais representadas, legitimada, portanto, a receber o título na condição de real Capital Mundial da Gastronomia. A CMSP entrega anualmente o “TROFÉU SÃO PAULO CAPITAL MUNDIAL DA GASTRONOMIA”, em concurso público para trabalhos divulgados na mídia voltadas ‘a gastronomia da cidade O Troféu é entregue numa Sessão Solene e coquetel muito prestigiado.

CONCEITO DO OBSERVATÓRIO DA GASTRONOMIA

Espaço de articulação e ação voltado ao fortalecimento da cadeia gastronômica, trabalhando em conjunto com todos aqueles que atuam na gastronomia, potencializando os aspectos ligados à economia, cultura e sustentabilidade.

Criado por Decreto Municipal, o Observatório da Gastronomia é de todos!

Conta com o poder público, a sociedade civil e o setor privado.

Várias organizações da Prefeitura estão envolvidas nessa iniciativa e uma área para a coordenação do Observatório foi construída na SMTE.

As atividades do Observatório se organizam em comitês temáticos de trabalho

PILARES DO OBSERVATÓRIO

Negócios e Talentos :Identificar e potencializar as oportunidades de negócios e qualificação de talentos na cadeia gastronômica.

Segurança Alimentar e Nutricional: Atuar em todos os elos da cadeia, no combate ao desperdício, na produção sustentável, na adequação da legislação sanitária e no acesso à alimentação de qualidade.

Imagem de São Paulo: Fortalecimento e consolidação da imagem da cidade enquanto capital mundial da gastronomia.

Cultura e Cidadania: Promover o intercâmbio entre a cultura gastronômica paulistana e a mundial. Trabalhar a gastronomia como ferramenta de impacto social.

Identidade e imagem

AÇÃO

Selo Cidade Criativa – UNESCO:

  • Realização do Simpósio “Cidades criativas em gastronomia pelo selo UNESCO”, na arena Cozinhando com Palavras, Bienal Internacional do Livro 2018.

  • Criação do Museu da Alimentação

  • Patrimônio Gastronômico de São Paulo:

  • Premiação de pratos de patrimônio gastronômico; divulgação através de livro:

  • Publicação do livro “O gosto paulistano – foto expedição gastronômica aos patrimônios alimentares da cidade”.

  • Realização do simpósio “Pratos símbolo de São Paulo”, na arena Cozinhando com Palavras, Bienal Internacional do Livro 2018.

IMPORTÂNCIA

  • Reconhecimento internacional

  • Fomentar o Turismo.

  • Dignificar o espírito criativo do empreendedor paulistano.

Sobre Sindal

Entidade sindical patronal da indústria do Estado de São Paulo, oficializada pelo MTE em 25 de janeiro de 1999, o SINDAL congrega, defende e representa os interesses das empresas que se dedicam à atividade econômica de projetar, fabricar, montar, suprir e dar manutenção em equipamentos e produtos para cozinhas profissionais e para a infraestrutura física de produção de alimentos servidos pelo setor do foodservice em geral.

Veja também

BOCUSE d’Or BRASIL BUSCA APOIO DA FBHA RUMO A LYON

RUMO A LYON 2019 COMITÊ BOCUSE d’Or BRASIL BUSCA APOIO PARA PARTICIPAR DA MAIS PRESTIGIADA …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *