EnglishFrenchGermanItalianPortuguesRussianSpanish
Home / Foodservice / NOVA YORK PLANEJA PROIBIR O USO DE EMBALAGENS DE ISOPOR  EM RESTAURANTES

NOVA YORK PLANEJA PROIBIR O USO DE EMBALAGENS DE ISOPOR  EM RESTAURANTES

A LEI TAMBÉM ELIMINARIA O USO DE XÍCARAS DE ESPUMA DE ISOPOR EM 2022.

Por Peter Romeo em 18 de dezembro de 2019

Recipientes para alimentos e copos de poliestireno serão proibidos no estado de Nova York a partir de 2022 segundo uma proposta que foi pré-visualizada ontem pelo governador Andrew Cuomo.

A medida é o esforço mais rigoroso até o momento para eliminar o uso dos contêineres de isopor, que há muito tempo é favorecido pela indústria de restaurantes por causa de sua integridade, retenção de calor e preço relativamente baixo.

A embalagem foi considerada como risco ambiental, porque não se decompõe como outros materiais. O governo diz que o poliestireno contribui significativamente para o lixo das ruas e estradas e muitas vezes acaba nos oceanos, onde representa um sério perigo para a vida selvagem. Caixas e outros recipientes para comida feitos com poliestireno – comumente conhecido como isopor – já são ilegais na cidade de Nova York. Também existem proibições em várias outras cidades dos EUA.

Uma proibição em todo o estado entra em vigor em Vermont em 1º de julho e em Maine em 1º de janeiro de 2021. Esses estados têm uma população de restaurantes relativamente pequena. Nova York é o quarto maior mercado de restaurantes do país, atrás da Califórnia, Texas e Flórida.

“O isopor é um dos poluentes mais comuns e um risco para a saúde pública pois afeta os seres humanos e o meio ambiente”, disse Cuomo em comunicado.

“Esse material está em toda parte e continuará poluindo nossas águas e prejudicando nossa vida selvagem nas próximas gerações, se não agirmos”.

Seu governo diz que a medida seria uma extensão de uma proibição estadual pendente de sacolas plásticas descartáveis. Os varejistas serão proibidos de fornecer as sacolas gratuitamente a partir de março.

O governador democrata divulgou o plano de proibir o uso de poliestireno (isopor) nas aplicações mais atuais, como parte de uma prévia do seu endereço do estado do estado, que ele deve entregar em 8 de janeiro. O legislador estadual precisaria aprovar a medida. Tanto a Assembleia quanto o Senado são controlados pelo partido político de Cuomo, tornando a sua aprovação quase certa.

Sobre Sindal

Entidade sindical patronal da indústria do Estado de São Paulo, oficializada pelo MTE em 25 de janeiro de 1999, o SINDAL congrega, defende e representa os interesses das empresas que se dedicam à atividade econômica de projetar, fabricar, montar, suprir e dar manutenção em equipamentos e produtos para cozinhas profissionais e para a infraestrutura física de produção de alimentos servidos pelo setor do foodservice em geral.

Veja também

VENÂNCIO LEVA O FOGÃO GENESIS COM O VT BURNER

A VENÂNCIO VAI APRESENTAR O SEU FOGÃO GENESIS COM A TECNOLOGIA VT BURNER, VENCEDORES DO …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *