EnglishFrenchGermanItalianPortuguesRussianSpanish
Home / Foodservice / BAR DE HOTEL

BAR DE HOTEL

SUCESSO INICIOU NOS ANOS 1970 COM O HILTON SP

CLÁSSICO OU DESCOLADO, INTIMISTA OU GRANDIOSO, OS BARES DE HOTÉIS FAZEM SUCESSO.

Tão Importante Quanto o Estilo ou o Tipo de Móvel Escolhido é a Atmosfera Criada para um Bar de Hotel

Hotel News Online

No Four Seasons São Paulo at Nações Unidas, o bar Caju é totalmente integrado ao lobby

Não é de hoje que esse ambiente faz sucesso, mas precisa sempre se reinventar

Clássico ou descolado, intimista ou grandioso.

Tão importante quanto o estilo ou o tipo de móvel escolhido é a atmosfera criada para um bar de hotel. Esse ambiente democrático, onde pessoas vivem momentos de prazer em happy hours ou encontros românticos, e que também sedia ocasiões mais sérias, como reuniões de negócios, precisa ser eclético e oferecer serviços para todos os gostos.

Mas, não é de hoje que os bares de hotéis fazem sucesso. De acordo com Mestre Derivan, referência no universo da coquetelaria nacional e internacional, a ideia de encontros e confraternizações nesses ambientes no Brasil começou nos anos 1970, quando a rede Hilton instalou sua primeira unidade no País, em São Paulo.

“Ali se juntavam hóspedes e amigos, assim como pessoas da cidade, na maioria estrangeiros, que se sentiam em seus países de origem, pois a atmosfera criada pelo ambiente retratava isso”, explica.

Desde então, os hotéis passaram a ter espaços de bares e restaurantes atraentes.

“Era muito difícil conseguir uma mesa no bar Capricórnio, do Hilton.

Trianon Piano Bar, do Hotel Maksoud Plaza

Depois veio o Trianon Piano Bar, no Maksoud Plaza; o Havana Club, no Renaissance;

Havana Club Bar, do Hotel Renaissence

e tantos outros que hoje chegam a ser frequentados mais por passantes do que por hóspedes, como o Seen, do Tivoli Mofarrej São Paulo; e o Skye, no Unique”, completa.

Seen Bar, do Tivoli Mofarrej e o Skye, do Hotel Unique

Veja a matéria na página 28 da edição 409

Hotel News Online

Sobre Sindal

Entidade sindical patronal da indústria do Estado de São Paulo, oficializada pelo MTE em 25 de janeiro de 1999, o SINDAL congrega, defende e representa os interesses das empresas que se dedicam à atividade econômica de projetar, fabricar, montar, suprir e dar manutenção em equipamentos e produtos para cozinhas profissionais e para a infraestrutura física de produção de alimentos servidos pelo setor do foodservice em geral.

Veja também

GALUNION INSIGHTS 2019

O grande evento da Galunion Consultoria para Foodservice está próximo de acontecer! Uma manhã repleta de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *