EnglishFrenchGermanItalianPortuguesRussianSpanish
Home / Foodservice / ALIMENTAÇÃO FORA DO LAR FECHA 2018 FATURANDO 3,5% MAIS

ALIMENTAÇÃO FORA DO LAR FECHA 2018 FATURANDO 3,5% MAIS

BALANÇO FEITO PELA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE RESTAURANTES (ANR)

O setor de alimentação fora do lar deve fechar 2018 com alta de 3,5% no faturamento. Apesar de abaixo das projeções iniciais para o ano (5%), o resultado pode ser interpretado como um respiro para o segmento após constantes quedas desde 2015.

As informações são de balanço feito pela Associação Nacional de Restaurantes (ANR). Para o próximo ano, a entidade projeta que o setor alcance um crescimento da ordem de 5%, impulsionado por uma aguardada melhoria no ambiente econômico e com a expectativa da aprovação da agenda de reformas pelo Congresso – especialmente no que tange a Previdência.

“Bares e restaurantes cresceram muito até 2014, quando houve uma queda bastante significativa para o segmento. Estamos em um período de fazer o caminho de volta”, argumentou o presidente da ANR, Cristiano Melles.

Mesmo com o PIB positivo do País registrado nos últimos trimestres, o segmento afirma ter atravessado momentos de dificuldade ao longo de 2018; no mês de maio, a paralisação realizada pelos caminhoneiros impactou negativamente a alimentação fora do lar. “Muitos estabelecimentos ficaram sem itens essenciais para a manutenção das atividades e alguns até tiveram que fechar as portas por alguns dias, o que derrubou o faturamento”, analisou o dirigente. Apesar de cautelosos, em 2018 muitos estabelecimentos foram na contramão de outras áreas do país.

A maioria dos empresários apostou em novas contratações, na ampliação das lojas, na aquisição de novos equipamentos e até em novas aberturas. “Claro que há casos diferenciados entre nossos associados, uma vez que reunimos redes, independentes e franquias, com realidades diferentes. Mas esse movimento positivo e otimista foi generalizado e deve ser ainda melhor a partir de janeiro”, afirmou Cristiano Melles.

12 dez 2018

Fonte DCI

 

Sobre Sindal

Entidade sindical patronal da indústria do Estado de São Paulo, oficializada pelo MTE em 25 de janeiro de 1999, o SINDAL congrega, defende e representa os interesses das empresas que se dedicam à atividade econômica de projetar, fabricar, montar, suprir e dar manutenção em equipamentos e produtos para cozinhas profissionais e para a infraestrutura física de produção de alimentos servidos pelo setor do foodservice em geral.

Veja também

INCÊNDIO DESTRÓI COZINHA DE RESTAURANTE PREMIADO

CURTO CIRCUITO DEVIDO A FALTA DE ENERGIA INICIOU O FOGO NO PETÍ GASTRONOMIA DE PERDIZES …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *