EnglishFrenchGermanItalianPortuguesRussianSpanish
Home / Gastronomia / 4.º EDIÇÃO DO GUIA MICHELIN SERÁ LANÇADA DIA 7/05

4.º EDIÇÃO DO GUIA MICHELIN SERÁ LANÇADA DIA 7/05

LANÇAMENTO DA 4.º EDIÇÃO BRASIL DO GUIA MICHELIN VAI REVELAR OS RESTAURANTES ESTRELADOS DO RIO E DE SÃO PAULO DE 2018

O evento acontecerá no dia 07 de Maio de 2018 no espaço de eventos do Hotel Unique.

A versão brasileira do Guia Michelin SP&RJ, uma das publicações gastronômicas mais importantes do mundo, acontecerá em um exclusivo evento de lançamento do Guia Michelin 2018!

O Guia e as estrelas. 

Criado em 1900 pelos irmãos fabricantes de pneus, André e Edouard Michelin, para ajudar motoristas a encontrar restaurantes pelas estradas, o guia era inicialmente dado como cortesia. Virou referência e ganhou prestígio no mundo inteiro. Chegou aos Estados Unidos em 2005 e à Ásia em 2007. Atualmente, sua seleção é composta por 29 guias, que cobrem 28 países em quatro continentes reúnem mais de 45 mil estabelecimentos no mundo. 

O Guia Michelin São Paulo e Rio 2018, que está na quarta edição e deve chegar às livrarias na proximamente. E’ apresentado numa festa requintada e muito concorrida, num evento memorável, repleto de chefs estrelados e gastronomia inesquecível onde os convidados degustam um coquetel com as maravilhosas criações de diversos chefs renomados.

Os avaliadores do guia percorrem restaurantes apenas de e São Paulo e do Rio Janeiro, por enquanto. Uma equipe de inspetores anônimos prova as melhores comidas e faz sua avaliação de acordo com os critérios fixos de qualidade, cozinha, equilíbrio de sabores e personalidade do chef.

Além das famosas estrelas, alguns restaurantes receberam o selo “bib gourmand”, que considera o melhor custo-benefício, ou seja, à boa relação entre o serviço oferecido e o preço. Um deles foi o Mocotó, do chef Rodrigo Oliveira, localizado em São Paulo.

Chefs estrelados no fim da cerimônia 2017 do Guia Michelin, em São Paulo.  Foto: Alex Silva/Estadão

No Brasil ainda não há estabelecimentos com as 3 estrelas Michelin, condecoração máxima do guia. O grande destaque está com o D.O.M. (em São Paulo), do chef Alex Atala, único a receber 2 estrelas no país.

Pier Paolo Picchi recebeu uma estrela por seu restaurante, o Picchi, que faz cozinha italiana delicada e cuidadosa com alguns ingredientes brasileiros nos Jardin. Felipe Bronze recebeu uma estrela pelo Oro, que reabriu no Leblon, no Rio de Janeiro. O chef tem uma carreira já consolidada na televisã.

O Brasil tem três restaurantes estrelados pelo Guia Michelin. Em 2017, o paulistano Picchi e o carioca Oro receberam a classificação de uma estrela, que conforme a célebre publicação francesa designa casas de “cozinha requintada” e que “vale conhecer”. O carioca Oro recuperou a estrela que havia perdido em 2016.

Apenas um restaurante obteve duas estrelas, o paulistano D.O.M., que mantém a classificação há três anos.

O único restaurante aberto que perdeu a estrela foi o Attimo, em São Paulo. O carioca Sudbrack fechou as portas, assim como o Le Pre Catelan, do Sofitel, que está fechado. Quatro restaurantes deixaram de ser considerados Bib Gourmand, os paulistanos Marcel, Sal Gastronomia e Tian, além do carioca Anna.

CATEGORIA BIB GOURMAND TEVE 8 NOVOS RESTAURANTES EM 2017

A maior movimentação ano passado foi a lista dos restaurantes de boa cozinha e bom preço, os Bib Gourmand, uma classificação à parte: foram sete novas casas, começando pela Casa do Porco, em São Paulo. Também entraram na lista o Bistrot de Paris, o Più, o Tanit, o Tonton, o Niaya e o La Peruana Cevicheria. No Rio, entrou na lista o Bottega del Vino.

DUAS ESTRELAS

São Paulo 

D.O.M. (Alex Atala)

UMA ESTRELA

São Paulo 

Dalva e Dito (Alex Atala e Elton Júnior), Esquina Mocotó (Rodrigo Oliveira), Fasano (Luca Gozzani), Huto (Fábio Honda), Jun Sakamoto (Jun Sakamoto), Kan Suke (Egashira Keisuke), Kinoshita (Tsuyoshi Murakami), Kosushi (George Koshoji), Maní (Helena Rizzo), Picchi (Pier Paolo Picchi) – nova entrada, Tête à Tête (Gabriel Matteuzzi e Guilherme Vinha), Tuju (Ivan Ralston),

Rio de Janeiro 

Eleven Rio (Joachim Koerper), Laguiole (Cláudio Roberto Monteiro) – nova entrada, Lasai (Rafael Costa e Silva), Mee (Kazuo Harada), Olympe (Claude Troisgros, Thomas Troisgros), Oro (Felipe Bronze) – nova entrada

BIB GOURMAND

São Paulo 

Antonietta Empório, Arturito, Le Bife, Bistrot de Paris – nova entrada, Bona, Brasserie Victória, A Casa do Porco – nova entrada, Casa Santo Antônio, Ecully, Jiquitaia, Manioca, Mimo, Miya, Mocotó, Niaya – nova entrada, La Peruana Cevichería – nova entrada, Petí Gastronomia, Più – nova entrada, Tanit – nova entrada, Tartar & Co, TonTon – nova entrada, Tordesilhas, Zena Caffè 

Rio de Janeiro 

Artigiano, Bottega del Vino – nova entrada, Entretapas, Gurumê, Lima Restobar, Miam Miam, Oui Oui, Pomodorino, Restô Rio, Riso Bistrô 

Em breve chegara  às bancas a premiação 2018 dos restaurantes brasileiros, que estarão também à mostra no site da publicação.

Sobre Sindal

Entidade sindical patronal da indústria do Estado de São Paulo, oficializada pelo MTE em 25 de janeiro de 1999, o SINDAL congrega, defende e representa os interesses das empresas que se dedicam à atividade econômica de projetar, fabricar, montar, suprir e dar manutenção em equipamentos e produtos para cozinhas profissionais e para a infraestrutura física de produção de alimentos servidos pelo setor do foodservice em geral.

Veja também

OBSERVATÓRIO DA GASTRONOMIA É CRIADO EM SP

UMA ÓTIMA NOTÍCIA PARA O MUNDO DA GASTRONOMIA Criado por Decreto Municipal o Observatório da Gastronomia …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *